Diário Costa sul/sudeste - Espanha - dias 09 a 11/07

09-07 (70) Sevilla até Ilha Canela – 186 km

Pretendo fazer este caminho em 17 dias. Vou rodar de motor-home toda a costa da Espanha, da divisa com Portugal até a divisa com a Franca. A ideia é passar por vários locais e poder ver qual local se enquadra no meu gosto para escolher onde morar nos próximos meses.

Decidi pelo o motor-home por ser mais barato e mais flexibilidade. Agora é verão e férias, está tudo lotado. Teria que alugar um carro, escolher hotel todas as noites e restaurantes. Estou fazendo tudo isso junto, com um só pacote.

Existe uma nova rotina que tenho que aprender. Tudo novo e diferente. Começo por ter que dirigir depois de 80 dias, um veiculo com marcha manual, grande e largo. Muita atenção, agora um descuido pode provocar um acidente.

Compreender o funcionamento de motor-home, abastecer com água e diesel. Tem mais alguém que come agora, o veiculo! Parei em um Carefour para fazer compras, demorei bastante, umas 3 horas. Guarda-sol, cadeira de praia, comida e bebida. Fiquei um pouco perdido dentro do mercado, não sabia bem o que comprar e onde achar.

Neste dia rodei pouco, parei perto da praia, onde deu. Peguei a bike e fui procurar onde poderia parar e dormir. Achei um local na beira da praia.

Curti um lindo por do sol vendo kit-surf brincarem. O Vento estava fresco e gostoso.

Vi criança brincando na areia, pegando caranguejos, fazendo castelos e nadando no mar.

10-07 (71) Ilha Canela até Cadiz – 426 km

Procurando a rotina. Acordei tarde, pela manhã curti o local, andar na praia e apreciar a paisagem. Não existe estrada direto até Cadiz, tem uma reserva enorme no caminho, assim, tive que voltar até Sevilla. Com isso a distância aumentou bastante.

É domingo, impressionante o número de pessoas nas praias.  Passei por vários lindos locais, el Rompido, Matalascanas, Chipiona, Rota. Agora vejo muitas vilas e cidades, tenho que passar direto, a vontade é de entrar em todas.

Não posso esquecer que o objetivo principal é escolher um local para morar.

Percebo que mudou o meio de transporte, primeiro, eram os pés, depois a bike e agora o veiculo, existe uma rotina padrão igual para todos. Definir a rota, que horas começar/parar, tempo de descanso, onde ficar, o que ver,...

Por enquanto a maior dificuldade é achar onde dormir e cuidar com as ruas estreitas, o GPS não sabe que não passo.

A experiência de fazer a comida tem sido legal.

11-07 (72) Cadiz até Marbela – 285 km

Tentei sair um pouco mais cedo, não consegui. Fiquei me enrolando, planejando o caminho e vendo as alternativas. Por ser segunda-feira, pensei que as praias estariam vazias, engano meu. São km e km lotados, praias super-cheias, hotéis, condomínios, clubes, muito e muitos.

Parece que a costa espanhola para os europeus é como o nordeste para os brasileiros. Só que tudo limpo, organizado, um grande infraestrutura.

Está difícil me concentrar no objetivo e não fazer turismo, a cada entrada que passo reto e não visito, dói. Nestes três primeiros dias não vi locais que se enquadrem dentro do que desejo. Eu sei que qualquer local escolhido será bom, mas a busca do “ideal” da trabalho.

Parece que a partir de agora começarei a encontrar opções. Já passei por Sevilla, Huelva, Cadiz, San Fernando, Tarifa, Algeciras, La Linea, Gibraltar e mais vários outros balneários.

Marbela é bastante agitado, muitos turistas e restaurantes cheios.

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

For a professional business hosting we highly recommend hostgator review or cloud hosting
Joomla Templates designed by Joomla Hosting