O caminho - dia 22/05

22-05 (24) Rabanal até Mollinaseca – 27 km.

Como que por magia, o Italiano que conheci se ofereceu para fazer a janta, eu me ofereci para comprar. Comemos macarrão com ervilha e queijo, tudo que eu havia desejado no dia anterior, hoje foi suprido. Comemos e bebemos, junto a nós estava um Holandês, que conheci outro dia. Boa comida, companhia e conversa.

Não mais me senti só. Será que quando somos sinceros com nossos sentimentos a natureza cria oportunidades para equilibrarmos o sentimento? Neste caso, aconteceu exatamente assim e muito rápido.

Após caminhar 19 km, em uma bela vila, no alto da montanha, resolvi continuar o percurso. Seriam 27 km, não consegui optar pelo suave dessa vez. A subida de 8 km e 400 metros de desnível foi tranquila, porém agora tinha uma descida forte, em 13 km, descer 1000 metros.

Passei por rios, bosques, rebanhos de cabras e ovelhas. Pensei que a qualquer momento iria encontra Don Quixote, a paisagem me remeteu ao livro e vice-versa.

O caminho se transformou em trilha, em meio a pedras soltas, e bastante íngreme, a descida é árdua. Nos últimos quilômetros havia muita pedra e calor. Para compensar, o vento trazia um perfume maravilhoso, o ar estava encantado, depois de Don Quixote, era a vez das fadas das flores silvestres.

O albergue é no fim da vila, judiou. Mais foi interessante, os companheiros de ontem, que haviam dito que não iriam caminhar até Mollinaseca, estavam lá, e por acaso, nos encontramos novamente.

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

For a professional business hosting we highly recommend hostgator review or cloud hosting
Joomla Templates designed by Joomla Hosting