O caminho - dias 11 e 12/05

11-05 (13) Burgos até Rabé de la Calzada – 13 km.

Como de praxe, fui uns dos últimos a deixar o albergue. O período da manhã, resolvi tirar para visitar a cidade, fui a catedral comprar os fios esquecidos e ao museu da evolução humana.

Burgos pareceu-me um cidade bonita e interessante de se visitar. Noto que meu desejo de conhecer e achar as cidades boas está crescendo. Começou por Pamplona, depois Logrono e agora Burgos, normalmente eu não gosto de cidades, prefiro o campo, agora, a cada nova cidade, está crescendo minha admiração.

A visita ao museu despertou momentos de reflexão: sobre a evolução da forma do ser humano e da consciência humana, de como a ciência pode ser, no futuro, interpretada como um tipo de religião e a opção por uma alimentação vegetariana. (estas reflexões são delicadas e complexas – talvez escreva sobre elas mais tarde).

Ao sair de Burgos, passei em frente a um restaurante vegetariano, bem que eu queria entrar para almoçar, eram apenas 12:30 hs, ele abria as 13:30 hs. Achei melhor abrir mão e continuar o caminho, deixei Burgos com uma sensação de quero ficar mais!

Para compensar o excesso do dia anterior, planejei andar pouco, porém fazendo city-tour na cidade. Andei uns 10 km e mais 13 km do percurso, deu 23 km, nada de descanso!

A única sensação estranha que tenho no corpo é o formigamento e a perda de sensibilidade da sola do pé. Isso já acontecia no Brasil, acho que é normal.

Tenho percebido que a velocidade dos peregrinos é parecida, a diferença é pequena. O que difere um do outro é o tempo de parada e a quantidade de horas que ficamos caminhando durante o dia.

Desta vez estou planejando quais devem ser minhas próximas etapas até Leon, a próxima cidade grande que vou passar. Pretendo ter algum dia de folga por lá.

Tenho reencontrado peregrinos dos primeiros dias, tinha certeza de não mais achá-los, me parece que para um peregrino, sempre é um até logo, nunca um adeus.

12-05 (14) Rabé até Castrojeriz – 29 km.

Continuo sendo o ultimo a sair do albergue, mesmo saindo as 7:30 hs, hoje saí da cama as 5:55 hs, tem peregrinos que acordam as 04:00 hs, muito cedo para o meu gosto. Estou tentando me adaptar ao ritmo de passarinho, dormir ao anoitecer, 21:00 hs e acordar antes de amanhecer, as 5:30 hs.  Eu sempre acordei cedo, agora me sinto dorminhoco, esquisito!

Para mim o clima é frio, uns 12 graus pela manhã, chegando no máximo  a 20 graus, com um vento gelado. Os demais peregrinos estão gostando, eu nem tanto. Às vezes não tiro a camiseta e a jaqueta durante o dia todo.

A grande predominância é de alemães, uns 40%. Tem gente do mundo todo, França, Itália, Suíça, Bélgica, Áustria, Dinamarca, Canadá, Austrália, Corréia, Japão,..., até da Espanha. Com isso, tenho falado mais inglês que espanhol.

Estou em uma albergue gratuito, cheguei cedo, as 13:30 hs, tive que aguardar  até ele abrir as 15:00 hs, foi bom, pude almoçar tranquilo e alongar. 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

For a professional business hosting we highly recommend hostgator review or cloud hosting
Joomla Templates designed by Joomla Hosting