Viagem de retorno ao Brasil

Ao despedirmo-nos dos proprietários da casa do Granaio, em Vico D`Arbia, lágrimas no ar, emoção e olhos molhados, o céu estava azul e o sol brilhante. Antes de pegar a estrada, fui procurar uma encomenda feita pelo pai, ele queria sementes de limão e de salvia. Infelizmente não me ocupei disso antes, acreditava que seria tranquilo, não foi, após procurar e pedir ajuda, apreendi que esse limão só é vendido em mudas e a salvia de folha larga, não é época e não havia sementes para vender nos locais que procurei. Essa história pode criar um belo simbolismo, não?!

Saímos de Siena, eu em um carro a minha esposa noutro, temos que levar os dois carros e a moto até a Espanha para vendê-los. Para ela será um recorde e um bom desafio, dirigir sozinha por 1.800 km e ainda um Smart!!

Dia 1 – Siena, 06/10, paramos em San Remo, divisa com a França, 450 km e muitos túneis, aproveitamos a última noite em território italiano.

Dia 2 – San Remo (Itália) a Carcassonne (França), 520 km de auto estradas com muitos pedágios.

Dia 3 – Descanso em Carcassonne.  É uma cidade medieval, com uma grande muralha com pelo menos 3 níveis, o interior está repleto de lojinhas e 67 restaurantes, tiramos o dia para caminhar e visitar o local.

Dia 4 – Carcassonne à Zaragoza (Espanha) 500 km. Foi um trajeto interessante, primeiramente passamos por Mirapoix, uma cidade com uma arquitetura particular, no ar pode-se respirar a energia de bruxos e bruxas!

Seguimos em direção ao Principado de Andorra, subimos os Pirineus, as montanhas são altas e bonitas, vimos varias estações de ski no caminho. Paramos para almoçar na cidade de Andorra Velha, fica no meio de um vale no caminho de descida do lado espanhol. É uma cidade tipo free-shopping, dezenas de loja de equipamentos para motoqueiros, parece ser um destino para compras. Para terem uma ideia, o preço do diesel é 1.20 em Andorra, na Itália é 1.75 e na Espanha 1.50 euros. Acho que tem algo de esquisito nessa grande diferença!!

A alfandega é mais rigorosa, todos os carros tem que parar e abrir os porta-malas, quando chegou minha vez fiquei preocupado, o carro estava lotado, tinha até uma moto dentro do porta-malas, mas não houve problemas.

O lado da Espanha é muito árido, parece um deserto se comparado com o verde do lado francês. Disseram-me, que para sorte dos franceses, o substrato dos Pirineus é inclinado para a França e carregar toda a água da chuva que penetra no solo, mesmo quando cai no lado espanhol. Os poucos rios que descem para a Espanha são aproveitados 100% para fazer energia e agricultura. Sobra pouca coisa para servir a natureza e embelezar os olhos, mesmo assim a paisagem é linda.

Dia 5 – Zaragoza – Dia de descanso e turismo. Já conheci muitas cidades da Espanha, mais essa estava faltando, é a capital da região de Aragon. Como toda cidade espanhola, à noite as ruas ficam cheias, ficamos num bom hotel com um custo beneficio excelente. Passeamos pela cidade e aproveitamos a festa, é a semana de Nossa Senhora do Pillar, padroeira da cidade e da Espanha, mesma data da Nossa Senhora no Brasil. Visitamos a basílica, a catedral e outras igrejas, passeamos no mercado e andamos pelas ruas, estavam cheias de espetáculos. Tinha show com música, dança e trajes típicos. Visitamos museus e exposições gratuitas de Goya, Gaudy e outros artistas famosos. As ruas estavam lotadas de famílias, idosos e jovens, todos comemorando a vida. O que não me agradou foi o lixo nas ruas, resultado dos botelhões. Havia também uma grande feira agropecuária e touradas, nem todos a favor é claro!!

Dia 6 – Zaragoza a Valencia – 330 km. Em Valencia passamos na policia e pegamos a autorização para residência da minha esposa, já estava pronta a um bom tempo, dessa vez não teve sofrimento. Almoçamos Paella em um restaurante perto do porto, em seguida, descarregar os carros e separar realmente o que volta ao Brasil e o que fica.

Tinha que cuidar da burocracia, ir ao banco, despachante para deixar os documentos assinados para venda dos veículos, procurar lojas para vendê-los e oficina para fazer a revisão. Para minha surpresa ofereceram 50% do valor da compra!! Será que eu comprei tão mau assim? Ou estão querendo se aproveitar da “crise”.

Dia 7 – Valencia a Alicante – 180 km. Antes de seguir para Alicante, tínhamos tarefas, eu, montar a moto, a bike e procurar mais lojas de carro, minha esposa, comprar mala e prepará-las. Em Alicante ficamos hospedados na casa de uma amiga que é brasileira e mora na Espanha há 20 anos, jantamos a moda espanhola, tapas; polvo a galega, sépia grelhada e outras guloseimas.

Dia 8 – Alicante – A casa que estávamos hospedados fica a 100 metros do local que moramos, aproveitei para caminhar pela orla costeira em direção a Alicante e rever o visual. Fomos à cidade e andamos pela Rambla, pelo parque das Canaleiras e pelo porto/marina. Andamos até o Centro Imaginalia, o local que estudamos filosofia, e encontramos um grande amigo por “coincidência”, um papo e saudades. Almoçamos num restaurante indiano que não havíamos conhecidos com outro amigo, comida vegetariana, até que enfim!

Havíamos agendado um jantar para reencontrar vários amigos, infelizmente não existia tempo para rever um de cada vez.  Foi no bar de um dos amigos, ele preparou uma Paella negra, estava uma delícia, a comida, o local, o reencontro e a conversa. Alegria no ar, amigos de locais diferentes que com grande facilidade se entrosaram. Quem sabe, novas amizades!!

Dia 9 – Alicante a Valencia – 180 km. Passamos o dia em Alicante, dessa vez caminhamos em direção à praia de San Juan. Mais uma vez admirando a vista e confirmando a boa decisão de ter escolhido Alicante para morar anteriormente, andamos pelo calçadão, vimos o movimento, os pescadores, mergulhadores, pulei nas pedras e relembrei bons momentos.

No fim do dia voltamos para Valencia, meu amigo de infância havia preparado uma surpresa, slides da época que éramos crianças, mais ou menos 35 anos atrás, nos divertimos assistindo e tentando relembrar a infância, claro que comendo pipoca! Toda a família participou e ouviu um pouco da história dessa antiga amizade.

Dia 10 – Valencia - Um pouco mais de burocracia, levar os carros para fazer orçamento de manutenção e reparar algumas coisas. Resolvi fazer um contrato de risco para venda dos veículos, deixei para vender na condição de repartir parte do ganho entre o preço que consegui nas lojas e o preço real de venda para um particular.

Minha esposa partiu nesse dia para o Brasil, levou 6 malas, sendo 3 minhas, uma cheia de “obras de arte”,  foi mais um desafio. Chegando ao Brasil, teve um bom trabalho, os fiscais não deixaram por menos, ficou na malha fina da alfandega. Teve que fazer muita musculação, as malas pesavam 32 quilos, não foi fácil atender aos caprichos e a má vontade dos fiscais.  A noite, saí para o ultimo jantar na Espanha e uma boa conversa.

Dia 11 – 16/10 – Valencia a Memminge (Alemanha). Último dia na Espanha, era hora de fechar as minhas malas e me preparar para trabalhar por alguns dias. Despedir-se mais uma vez de novos e antigos amigos, tendo a certeza que a experiência de 1,5 anos do período sabático, valeu por pelo menos 10 anos de vida. Segui de avião pela Ryanair, a passagem é barata, 30 euros, já para levar as malas, custou 80 euros!!!

Dos dia 16/10 até 31/10, estive acompanhando um engenheiro de nossa empresa e participando de um congresso de asfalto borracha, também visitamos algumas empresas, fornecedores e parceiros da região, França, Alemanha e Holanda.

Nas horas de folga aproveitei para reencontrar amigos em Munique e Amsterdam, escrever e fazer pouco turismo. Sinto-me bastante saciado por hora, claro que existe muito a conhecer, mas no momento prefiro assimilar as experiências e consolidar o conhecimento, tentando colocar em pratica e compartilhar aquilo que gostei.

Dia 31/10 parto de Amsterdam para o Brasil. Nova etapa!!!

 

Criei um novo álbum de fotos para essa viagem de retorno, podem espirar.

 

“Welcome back”, Viva o Brasil!!!

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

For a professional business hosting we highly recommend hostgator review or cloud hosting
Joomla Templates designed by Joomla Hosting