Dia a dia na casa do Granaio em Vico d’Arbia - Siena – Toscana - Itália

            A maratona cultural continua, não damos conta de ir a todos os eventos que a região oferece. Algumas vezes a preguiça bate, dai fico em casa, escrevendo, pintado, desenhado, cozinhando, passeando pelo entorno e planejado o futuro (presente).

            Começamos a fazer amizades com pessoas da região, isso é bom, exercitamos mais Italiano e participamos da intensa vida social local. Nossa anfitriã preparou um jantar no jardim de sua casa, conhecemos mais pessoas, abrimos novas possibilidades.  Dessa vez, fomos instigados a explorar outra opção, Comunitá di Etica Vivente di Cittá della Pieve,  www.comunitadieticavivente.org.

                Durante essas semanas fomos a alguns eventos:

                - Arta Festival, www.artafestival.com, havia apresentação de trabalhos de artistas novos, apenas de mulheres. Foi em uma bela vila, tivemos música, teatro, poesia, concerto de piano, tudo no jardim ao ar livre, com pôr-do-sol e lua cheia.

                - Ópera Aida foi numa igreja sem teto, chama-se Abadia de San Galgano (www.sangalgano.org), um lindo local, tem até uma espada encravada na pedra, tipo historia do Rei Arthur. Acabei gostando, mesmo sendo um espetáculo de 3 horas.

                Um dia desses, saímos para almoçar e encontramos um burgo antigo e bem restaurado (agora é um pousada e restaurante, www.castelloleonina.com), com uma vista para plantação de trigo e rolos de feno, deslumbrante. Na volta para casa, não resistimos, fomos andar no meio do dourado, vagarosamente, procurávamos por paisagens, a cada instante nos deliciávamos com as imagens. Tirei um monte de fotos.

                Pintar com aquarela é diferente, um bom desafio, procuro usar o que aprendi na Espanha para ir mais rápido, acho que estou pintando como um adolescente, sem muita experiência é claro, está bom, não me sinto como uma criança de 10 anos.

Já na escultura com argila, é mais fácil, comecei a aprender a usar o torno e refletir sobre o significado da obra, o que ela quer dizer para mim. A professora também dirige um restaurante em uma vila perto de Siena, La Bottega di Stigliano, www.labottegadistigliano.it, conhecemos o lugar e aproveitamos a musica ao vivo, de baixo de uma grande árvore, com happy hour e aperitivos.

Começo a escrever um novo projeto, ele tem consumindo bastante tempo e dedicação. Toda a experiência de preparar o projeto Sabático, de escrever no blog e as outras coisas que vivi nesses últimos meses estão sendo muito úteis. Quando estiver mais maduro colocarei no blog, por enquanto o nome é: Projeto de Vida – Lapidando Ideais e criando Significado.

As aulas de culinária começam a render resultados, estamos aprendendo a fazer pratos típicos da região;  brusqueta, picci, massa fresca, ravióli, torta sfolhata de abobrinha, etc. Já praticamos algumas vezes e preparamos um jantar em casa, o convidado especial e “cobaia” foi o padre da igrejinha do lado de casa, o jantar e a conversa foram especiais.  Eu apenas me enganei na hora de servir o vinho santo e servi vinagre!!! Todos riram muito.

- Esses dias, aconteceu a semana da arqueologia, em Siena o museu da Santa Maria dela La Scala (www.santamariadellascala.com) ofertou visitas guiadas gratuitas, com temas específicos. Durante as visitas tínhamos musica ao vivo, interpretações teatrais, concertos, poesias, uma mistura interessante, tudo dentro de um local maravilhoso.

Nem todos os eventos são bons. Fomos ver um conjunto que tocaria blues e jazz, o som estava horrível. Aguentei 3 músicas para ver se melhorava, não melhorou. Na cara dura, no meio da apresentação me levantei e fui embora. Tentei recuperar o dinheiro do ingresso, não deu, para compensar deram direito de entrar no próximo evento sem pagar. Será que arrisco?!!

Conheci um italiano que irá morar no Brasil por 6 meses, se gostar pode ficar definitivo. Está escrevendo um livro, o curioso é que muitas das dúvidas que tem, são parecidas com as que eu tive antes de vir para a Europa. Fomos a sua casa, é em um antigo convento, passamos o dia na piscina conversando sobre as expectativas dele acerca do Brasil e eu contando as minhas experiências do período sabático.

 Acabei desistindo, por hora, de encontrar um coach na Itália, senti dificuldade de comunicar ideias abstratas em uma língua que não tenho completo domínio. Acredito ter superestimado minha capacidade de comunicar e/ou subestimei a complexidade de trocar conceitos profundos em outra língua. Mas, sigo procurando alternativas e aprendendo com os resultados das experiências vividas.

- Foi legal ir ao cinema ao ar livre, foi em um antigo anfiteatro dentro da Fortezza de Siena,  www.it.wikipedia.org/wiki/Fortezza_Medicea_(Siena), vimos um filme que vale a pena, Quase Amigos.

- Em Montereggioni (www.monteriggioni.info), fomos a mais um festival medieval, estava superlotado, isso dá indícios de como será o mês de agosto, férias em toda a Europa. Havia espetáculos por todos os lados, comida, bebida, fumaça, churrasco, parecia até as festas do Brasil. Vimos apresentações de falconaria (onde falcões, corujas, águias farem voos e mostram suas habilidades), dança típica, simulação de duelos com armas medievais, espadas, escudos, armaduras e outras.

Durante o dia tem esquentado bem, para a casa não aquecer, temos que manter as janelas fechadas, sem o ar quente e o sol a temperatura fica boa, como a noite refresca bem, abrimos as janelas e resfria novamente a casa. Isso é ar condicionado ecológico, paredes de pedra de 1 metro de espessura.

- Em Siena tem uma grande escola de música, Accademia Musicale Chigiana (www.chigiana.it), essa época estão encerrando os cursos de aperfeiçoamento musical, os “alunos” estão fazendo belos concertos como trabalho de formatura, sorte nossa que assistimos de graças apresentações impecáveis em um belo local, Palazzo Chigi.  A única dificuldade é que o espetáculo começa as 21:15hs e termina as 22:30hs, e grande parte do restaurantes já fecharam a cozinha, resta comer pizza. Como vou manter o peso assim!

Domingo, dia de reunir os amigos, no Brasil, na Itália, e em quase todo o mundo. Novamente, para nossa alegria, fizemos parte de um almoço agradável, nossa anfitriã reuniu amigos e participamos amimadamente de um pinique no jardim. Uma mistura de nacionalidades, profissões e culturas, francês, alemão, italiano, brasileiros. Pintor, escritor, médico, executivo, fazendeiro, ... . Eu contribui fazendo caipirinha, com limão e cachaça brasileiros, foi um sucesso.

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

For a professional business hosting we highly recommend hostgator review or cloud hosting
Joomla Templates designed by Joomla Hosting