Chegou o Verão!!!

                O verão chegou, com ele surgem várias outras coisas, é tempo de sair à rua, ir à praia, tirar férias, passear. O calor também chegou, a temperatura já bateu os 37 graus, na média durante o dia ficam uns 30 graus, é bastante quente, mas ainda dá para conviver, de noite, tem refrescado e dá para dormir sem ar condicionado.

                As opções de shows, festivais, concertos, feiras, eventos, são quase que inexauríveis, estamos indo a muitos e vou relatar rapidamente cada um deles. Isso faz parte da vida aqui na Europa, não apenas para os turistas, mas também para os moradores.

                Viandanza, um evento na cidade de Monterigione (www.viandanzafestival.it), tem objetivo de estimular a viagem a pé, onde andarilhos e/ou peregrinos do mundo contaram suas andanças, onde os hospitaleiros (pessoas que trabalham voluntariamente para hospedar peregrinos) também relatam suas experiências.  Senti-me em casa, esse grupo de pessoas me lembrou da tribo do voo livre, uma boa amizade. Algo interessante que foi relatado, é que a condição física da mulher e do homem, para fazer longas caminhadas, subir e descer montanhas são idênticas e também, que não existe politicas ou restrições que impeçam, a longo prazo, os fluxos humanos. De quebra, a noite tivemos um espetáculo com um sanfoneiro, lembrou-me muito da música nordestina antiga ou do interior do Brasil.

                Fui novamente ver um espetáculo no Festival dele Ombre, dessa vez, para assistir o show Picablo, uma apresentação usando como parte do cenário, imagens das obras de Pablo Picaso, misturava vídeos, fotos, sons, luzes, sombras e interpretação, foi diferente e estimulante.

                Chegou domingo, dessa vez com minha esposa, fomos à missa. Estávamos em 6 pessoas, a cor da bata e dos ornamentos da igreja mudaram para o verde, a cor do verão. A pregação foi sobre a importância da boa semeadura, a diferença entre tipos de sementes, solos e necessidades, é claro que tudo fazendo uma analogia com o ser humano. Foi bacana escutar o padre falar a cerca da semeadura para a próxima vida, que não devemos nos preocupar, existe muita especulação de como será, e que realmente ninguém tem certeza disso. Portanto, o importante é fazer o bem nessa vida, colher e plantar.

                Festa Medieval em San Gimignano, a cidade volta no tempo, pessoas com roupas da época, desfile com cavalos, bandas, bandeiras, jogos, brincadeiras para crianças e adultos.  Praticas de arco e flecha, simulação de duelos com espadas, espetáculos de equilibrismo e comédia, tudo ao ar livre, procurando trazer ao presente uma experiência do passado.

                Perto de casa, fomos a um show em um parque de escultura (www.chiantisculpturepark.it), de um quarteto de instrumentos de sopro tocando musicas clássicas, teve até uma usada nos filmes do Walt Disney.

                Os eventos normalmente são a noite, que não é noite, e nos fins de semana. Durante o dia estou escrevendo, fazendo aula de escultura com argila, pintando com aquarela e aula de culinária, essas experiências conto no futuro.

                Em Siena, tivemos um evento diferente, como se fosse uma noite no museu. Várias apresentações interessantes acontecendo no complexo do Duomo, coral nas escadas da Igreja, crianças tocando violino dentro do batistério, recital de poesias no museu, musica com órgão no interior do Duomo. Parecia um parque de diversão a noite, centenas de pessoas indo de um lugar para o outro. Começou as 21:00 e terminou as 24:00. É estranho ver a igreja, as obras, escutar música e pessoas, durante a noite nesse ambiente, gostei!

                Tive uma conversa com Max Damioli (www.damioli.net), um possível coach, em Perugia, mais uma bela cidade visitada. Estávamos apenas a 20 km de Assisis, passamos rapidamente, um lindo local, ruas e casas cheias de flores. Sentimos um ambiente tranquilo, cidade do São Francisco de Assis, vale a pena visitar o local por mais tempo.

                Na volta para casa, na metade do caminho, passamos por Torrita de Siena, mais um festival, dessa vez de Blues (www.torritablues.it). Artistas italianos, americanos, irlandês, homens e mulheres. Foram 3 horas de música, gostei de escutar uma artista italiana cantando muito bem o Blues.

                Na cidade de Colle di Val`Elsa, no dia de São João, fomos a mais um festival medieval. Foi parecido com o da cidade de San Gimignano, só que uma região inteira da cidade havia voltado no tempo, pessoas vestidas com trajes da época, vendedores ambulantes, barracas, carrinhos e comercio de produtos, tudo como era há séculos atrás, deu para ver realmente como faziam os produtos e comercializavam. Pessoas cantando, tocando, dançando pela rua, outras contando contos e poesias, comendo e bebendo. Tinha até churrasco parecido com o do Brasil!!

                No álbum Itália tem fotos de todos esses locais que mencionei. No próximo texto, vou contar como foi o pequeno giro pela Itália na semana do meu aniversário.

               

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

For a professional business hosting we highly recommend hostgator review or cloud hosting
Joomla Templates designed by Joomla Hosting